Voarte
PT
EN
acsc | Wasteland
acsc | Play False
acsc | BOX
Tábua Rasa
Outubro 2017
SD
1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Subscrever Newsletter
 
BOX
António Cabrita e São Castro
Instalação Holográfica

Um corpo contido numa caixa-objecto esquecida no centro de um espaço vazio. Como uma tentativa de o chamar a si mesmo e de não partir para a luta, o ego é exacerbado, até se anular de novo num vazio absoluto.

 

O corpo é o território onde a lógica é a não-naturalidade e onde o desconhecido de um futuro insubmisso é transformado.

 

O corpo numa caixa.

 

O corpo objecto.

 

O corpo perdido.

 

A alma em corpo.

 

O Ego em forma.

 

Loop.

 

 

//

 

 

FICHA ARTÍSTICA 

 

Conceito

António Cabrita

 

Coreografia

António Cabrita e São Castro

 

Interpretação

São Castro

 

Música

São Castro e António Cabrita

 

Elemento Cénico

António Cabrita e João Frango

 

Construção

Manuel Vitória

 

Apoios

Câmara Municipal de Lisboa e IndieLisboa

 

Design foto divulgação

|acsc|

+INFO

BIOGRAFIAS 

 

António Cabrita é licenciado pela Escola Superior de Dança e formado pela Escola de Dança o Conservatório Nacional. Estudou no Joffrey Ballet School em Nova Iorque, tem o curso de cinema da New York Film Academy, e o curso de Criatividade Publicitária da Restart. Desenvolve o seu trabalho nas áreas da dança, cinema, fotografia, publicidade, música e produção. Em 2003 cria em Lisboa o espaço cultural alternativo Espaço M. Trabalhou com Rui Horta, Né Barros, Romulos Neagu, Escena Subteranea, Teatro em Branco, Compota, Companhia Instável, Balleteatro ou Paulo Ribeiro. Trabalha como intérprete no projecto “Private Spaces”, da Resistdance (Alemanha) com a coreógrafa Silke Z e com a qual ganhou o prémio de melhor peça de Colónia 2008. 

 

São Castro estudou no BalletTeatro e licenciou-se na Escola Superior de Dança. Fez parte do Ballet Gulbenkian, Integrou a Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo, sob a direcção de Vasco Wellenkamp, a Companhia Lisboa Ballet Contemporâneo, sob a direcção de Benvindo Fonseca e a Companhia Rui Lopes Graça no projecto “Arte da Fuga”. Fez criações para a Companhia de Dança do Algarve e para a Escola de Dança do Conservatório Nacional. Destaca as suas participações em Feminine e Maiorca de Paulo Ribeiro, Sagração da Primavera de Olga Roriz, Suggestions for Walking Alone de André Mesquita, Durações de um Minuto de Clara Andermatt e Marco Martins e Icosahedron de Tânia Carvalho.

 

António Cabrita e São Castro têm um projecto de colaboração artística, que se propõe ao cruzamento de interesses e estímulos criativos como movimento, imagem e som.

GRÁFICOS À LAPA POWERED BY AFTER YOU
Loading